O romance está em apuros
"O tempo não para, já dizia o poeta. Ele leva vidas, almas, dores e flores. Murchas ou não. O tempo não para, então deixe de ir na contra mão. Café frio não satisfaz viciado, amor vazio não enche peito apertado."